Empossado novo Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Educação de Viseu

Os membros que passam a integrar o novo Conselho Técnico-Científico da ESEV foram empossados no dia 24 de fevereiro, no seguimento do despacho de homologação do Presidente do Politécnico de Viseu proferido no dia 3 do mesmo mês.

Os novos elementos que passam a constituir o órgão são os docentes: Abel Figueiredo, Ana Mafalda Matias, Patricia Martins, Ana Sofia Figueiredo, António Azevedo, Belmiro Rego, Catarina Sousa, Cristiana Mendes, Emília Martins, Esperança Ribeiro, Francisco Mendes, Isabel Aires de Matos, João Rocha, João Paulo Balula, José Pereira, Luís Sousa, Luísa Augusto, Cristina Azevedo Gomes, Cristina Aguiar, Isabel Abrantes, Maria João Amante, Maria Figueiredo,Teresa Antas de Barros, Paula Rodrigues e Susana Fidalgo.

O Conselho Técnico-Científico (CTC) é um órgão de gestão da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu composto por um máximo de 25 membros eleitos por listas de entre os seus pares. O mandato é de dois anos.

Entre outras atribuições, compete ao Conselho Técnico-Científico da ESEV elaborar o seu regimento; pronunciar-se sobre as linhas orientadoras das políticas a prosseguir pela Escola, nos domínios científico, pedagógico, da investigação, da cultura e da prestação de serviços à comunidade, zelando pela manutenção do princípio de autonomia científica; deliberar sobre creditações e equivalências, nos termos da legislação em vigor; instruir os pedidos de creditação; participar no processo de avaliação e acreditação das formações e na concretização dos objetivos do Processo de Bolonha; promover a avaliação de todas as atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito da Escola, bem como a avaliação científica dos cursos e dos docentes; apreciar o plano de atividades científicas da unidade ou da instituição; pronunciar-se sobre a criação de ciclos de estudos e aprovar os respetivos planos curriculares.